O FOTÓGRAFO

Postado em

          foto

           

            Saio pelas dunas, jogando para cima, areia morna com os pés desnudos. Atravesso-as em direção ao mar e paro boquiaberto.  Levo alguns segundos para lembrar-me que estou com equipamento fotográfico Canon T4i, pendurado ao pescoço.

            Vejo-a de costas caminhando também em direção ao mar. Cerca de 30 anos, pele bronzeada, corpo perfeito, cheinho, bumbum arrebitado, coxas grossas, cintura fina, biquini vermelho, longos cabelos pretos cacheados.

            Que foto linda! Ah se ela desse uma caminhadinha… Mais alguns passos, por favor… Vai… Assim… Vá com seus pezinhos delicados encontrar-se com a água gelada da pequena onda que de tão ínfima nem dá para se chamar de onda… A espuminha branca está quase a cobrir seus dedinhos dos pés… Vai mais um pouquinho… Estou em êxtase, quase atingindo o clímax, o auge, o grau máximo… A foto ficará perfeita!

ok

            Parece-me que tudo está em câmara lenta: seus passos, a água, as gaivotas ao seu redor… Mais um passinho por gentileza para enquadrá-la com perfeição nessa aliança de luz e modelos perfeitos. Agora! Vou atingir o ápice… O gozo da foto perfeita… Vai… Vai…

            Um cachorro late no seu lado direito. Ela vira-se em sua direção. Entorta seu pezinho, pernas, cintura, tronco, busto, braço, pescoço, queixo… Enfim, ficou toda retorcida para apreciar o maldito cão, antes de eu fazer a melhor fotografia de minha vida!

            – Droga de cão! – resmungo desapontado.

            Frustrado, desmonto o equipamento guardando-o no estojo. Passo raivosamente o zíper, deixando tudo bem fechado.

            Caminho de volta às dunas.

            – Quem sabe amanhã conseguirei uma boa foto.

choro de amor

            Ao atingir os cômoros de areia, dou mais uma olhada para trás a fim de despedir-me do mar. Vejo a morena do biquini vermelho estender seus braços em direção ao cão, sorriso largo com dentes brancos contrastando com seu bronzeado.

            Ela corre para abraçá-lo e ele corre para seu abraço. Seus longos cabelos cacheados balançam num cadenciado perfeito com suas pernas e ancas… Cabelos e ancas… Ancas e cabelos… Cabelo e sorriso… Sorriso e cabelo… Quanta perfeição!

            Afastam-se correndo e brincando pela beira da praia. Não tive tempo de fazer a foto.

            Mais uma foto magistral que se vai.

eu-e-o-livro.jpg

Florianópolis, outubro/2015.

Simone Possas Fontana

(escritora gaúcha de Rio Grande-RS,

membro da Academia de Letras do Brasil/MS, ocupando a cadeira 18,

membro correspondente da Academia Riograndina de Letras,

membro da UBE/MS – União Brasileira de Escritores,

autora dos livros MOSAICO, A MULHER QUE RI e PCC,

formada em Letras, contista da Revista Cultura do Mundo,

blog: simonepossasfontana.wordpress.com)

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s