QUISERA

Postado em Atualizado em

voar

 

 Quisera ter vasta inteligência

Navegar sem precisar de navio

Sobre montanhas voar sem experiência

Correr para os polos sem sentir frio.

 

Quisera ter pernas gigantescas

Grandes, grandes como nunca se viu

Dar volta ao mundo com ligeireza

Brincar com ele, fazendo corrupio.

 

Tudo veria sem ter paciência

Tudo saberia numa ânsia febril

Deste mundo sentiria a leveza

Percorreria eu, quilômetros mil.

 

Quem dera pudesse, mas paciência

Belo sonho meu: fraquejou e caiu.

Que dor! Não aguentou essa cadência

Quis subir, crescer, mas infeliz: faliu.

 

 

Simone Possas Fontana

(escritora gaúcha de Rio Grande-RS,

membro correspondente da Academia Riograndina de Letras,

autora dos romances MOSAICO e a MULHER QUE RI,

formada em Letras, contista da Revista Cultura do Mundo)

 

 

 Minhas Anotações:

eu-e-o-livro.jpg

– Poesia escrita aos 17 aninhos de idade.

– Publicada no suplemento O Peixeiro, do Jornal Agora de Rio Grande-RS, em 26/06/1983.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s