OLHOS

Postado em

olhos duros

 

Olhos cintilantes, tão puros,

Tão belos, tão cheios de vida,

Mas denotam serem duros,

Resultado infame dessa amarga ida.

 

choro de amor

Olhos reluzentes, tristes,

Transbordantes de lágrimas,

Espelham tudo o que vistes

De nossa vivência inválida.

 

choro

Derrama essas gotas incessantes,

Fazendo com que voltem a brilhar.

Sorri! Segue tua vida! Avante!

Caminho longo tens a trilhar.

 olho 1

 

Traz lágrima com teu olhar triste,

Fazendo a todos te copiar.

Traz sorriso com teu olhar alegre,

Pois a todos queres saudar!

 beijo

 

Simone Possas Fontana

(escritora gaúcha de Rio Grande-RS,

membro correspondente da Academia Riograndina de Letras,

autora dos romances MOSAICO e a MULHER QUE RI,

formada em Letras, contista da Revista Cultura do Mundo)

 

Minhas Anotações:

Simone

– Poesia escrita aos 17 anos de idade.

– Publicada no Suplemento Cultural O Peixeiro, do Jornal Agora (Rio Grande-RS) em setembro/1981.

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s