COMO É BOM SER CANHOTA

Postado em

canhoto 

            Esta crônica também poderia se chamar: dou o braço a torcer, dou a mão à palmatória, você venceu,ou ainda, eu era feliz e não sabia! Gente do Céu! O que é essa dor que sinto na mão direita???

            Dou o braço a torcer para você, amiga L., que passou por cirurgias nas duas mãos.

            O que você deve ter sentido nesses meses de recuperação?!?! Movimentos simples como: desligar o despertador que toca pela manhã insistentemente,

relógio

afastar o cobertor de cima da gente,

cobertor

escovar os dentes,

mulher escovando os dentes

colocar a mesa para o café da manhã,

café da manhã

colocar o leite na leiteira para esquentar,

leiteira

passar manteiga no pão!

pão com manteiga

      São coisas simples, sem valor, mas que se passa a dar importância quando a sensação desagradável que se sente é enorme. Existem coisas menores e com dor maior: abrir o tubo da pasta de dente,

pasta de dente

abrir a torneira,

torneira

cortar com a tesoura o bico da caixa de leite.

caixa leite

           Dói muito.

            Dou o braço a torcer, amiga L.!…

            Fico imaginando você fazendo todas essas pequenas coisas e muito mais: dar banho nas crianças,

crianças no banho

arrumá-las para a escola,

criança escola

cuidar da casa

casa

e do marido,

casamento

dirigir,

mulher dirigindo

fazer faculdade

universidade

e ainda cuidar de si mesma!

mulher comprando

     Quando você arrumou um jeitinho para si? Teve tempo? Sim. Tempo.

relógio

           O tempo gasto é em dobro já que se faz tudo muito devagar, pois é feito apenas com uma das mãos! E no seu caso, são as duas mãos operadas!! E a dor? Dói para passar a bucha e a tolha no corpo na hora do banho,

mulher tomando banho

para lavar e pentear os cabelos,

mulher pentenando cabelo

vestir-se,

mulher vestindo-se

calçar sapatos.

mulher calçando-se

            Dou o braço a torcer a você colega L.!…

            E a hora do lazer? Apertar o controle remoto,

controle remoto

escrever no notebook,

notebook

e até para a leitura dói a mão ao segurar o livro.

mulher lendo

Hora do cooper?

mulher correndo

Excelente, mas como vestir-se e dar o laço no tênis? Quer coisa mais simples do que dar um laço no tênis?

tênis

            Preparar o almoço é fácil, mas com dor é muito ruim: mexer a panela;

mulher cozinhando

abrir a torneira,

torneira

colocar e retirar a mesa, lavar, secar e guardar a louça.

mulher lavando louça

Fazer faxina nem pensar.

faxina

Varrer a casa dá (sem muita dor), mas nem pensar em lavar a casa e lavar roupas, porque o ato de torcer o pano, causa uma dor infernal.

torcendo

            Dou o braço a torcer, colega L!…

            Você teve que cuidar de si e de sua família com dor nas duas mãos, fez cirurgia, passou por fisioterapia e ainda não está 100% curada. A dor continua e as tarefas a fazer também.

            Amanheci com dor apenas na mão direita

dor braço

e estou passando por esses problemas ocasionados pela dor apenas num final de semana e já estou cansada de sentir dor e de ter que usar a mão esquerda para tudo! Como é bom ser canhota! Parece até que a dor já passou para o braço, ombro, pescoço, ouvido e que estou com íngua embaixo do braço.

mulher dor

Será somente impressão? Charme? Infantilidade? Feminilidade? Fragilidade? Carência? Será? Não importa o que seja. O que importa é que estou sentindo dor na mão direita.

            Dou o braço a torcer, colega L!…

            Coloco no braço uma tipoia feita com um pano de secar louças (arranjada, guaribada, meia-boca, mas que deu um “baita” alívio à dor).

tipóia

            E na segunda-feira quando voltar a trabalhar? Nem quero pensar! Usar o furador,

furador

o grampeador,

grampeador

o computador (com-puta-dor!!!)!

computador

Pelo menos poderei usar minha luva especial para L.E.R.,

luvas LER

que está guardada na gaveta, a fim de atenuar o problema.

            Dou o braço a torcer, colega L.!…

 

Simone Possas Fontana

(escritora gaúcha de Rio Grande-RS, membro correspondente da

Academia Riograndina de Letras, autora dos romances

MOSAICO e A MULHER QUE RI)

 

Nota da Autora:

Simone

– Texto publicado no site: http://www.recantodasletras.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s