CARÊNCIA DE PAZ

Postado em

CARÊNCIA DE PAZ

paz 1

Preciso de um pouco de paz

Será que a encontrarei?

Meu espírito e alma imploram

Será que muito procurarei?

paz 2

Preciso de um pouco de paz

Paz para comigo mesmo

Se não entrarei em pânico

Se não andarei a esmo.

andando a esmo

Imploro ao Senhor meu Deus

Para mim um pouco de paz

Preciso dela urgente

Certeza tenho de que me darás.

paz 3

Ando vagando sem rumo

Pois meu interior é uma chama

Fumegante em meio a problemas

Que por um pouco de paz, clama.

paz

Nota da Autora:

116513[1]

– Poesia escrita em 21 de julho de 1979, aos 17 anos de idade.

– Publicada no Suplemento O Peixeiro, do Jornal Agora, de Rio Grande-RS, em 19/07/1982 e abril/2013.

– Publicada no Jornal Diário Popular, de Pelotas-RS, em dezembro/1980.

– Publicada no site www.recantodasletras.com.br em novembro/2012.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s