ANIVERSÁRIO DO GE

Postado em

Feliz Aniversário

Meu marido não quer que eu lembre a data de seu aniversário para ninguém (nem familiares, nem amigos). Ninguém!

Não

Já faz mais de um ano que me fez esse pedido, desde seu último “niver”. No ano passado atendi sua exigência não falando para ninguém e mesmo assim, compareceram a nossa casa, à tardinha, seu filho e sua nora. Ainda bem que me preveni comprando torta,

bolo

salgadinhos

salgadinhos

e refrigerantes,

refri

pois já previa que certamente eles viriam cumprimentá-lo.

Mas este ano… não sei. Não estou a fim de atendê-lo… Porém fico em dúvida:

mulher em dúvida

se eu telefonar para seus amigos mais chegados e familiares chamando-os para vir comer um bolo e ele ficar aborrecido comigo?

homem zangado

Comentei que, se eu não telefonar para as pessoas informando seu aniversário, ninguém vai dar o retorno ou comparecer para cumprimentá-lo! Ninguém irá adivinhar ou lembrar a data correta! Já tivemos várias conversas sobre esse assunto

homem e mulher discutindo

e ele sempre acaba convencendo-me a não chamar ninguém.

– Então tá! Você ganhou! Não ligarei para ninguém!

Reservo para mim o direito de encomendar uma torta deliciosa de chocolate meio amargo com coco ralado,

torta de coco

que sei que ele adora! Mesmo que ninguém se lembre de seu “niver”, pelo menos seu filho deverá vir dar-lhe um abraço (apesar de ele já ter dado o abraço hoje pela manhã, bem cedinho).

Foi o que fiz: encomendei e pedi para entregar a torta por volta das 16 horas do dia 16/06 para fazer surpresa já que eu sabia que ele estaria em casa assistindo ao jogo de futebol da Copa do Mundo pela televisão.

homem futebol televisão

Quando recebeu a torta, telefonou-me para agradecer.

homem mulher  telefonando

Cheguei em casa depois das 18 horas e o encontrei muito empolgado… Feliz…

homem feliz

Parecia uma criança:

– Nega! Adivinha quem me ligou? – perguntou com os olhos brilhantes.

– Não sei, meu bem. Quem ligou? Conta aí. – falei curiosa.

– Barak Obama! – respondeu rindo.

– Ah amor, fala a verdade!

– Então tá: minha filha de São Paulo e meu filho! – disse eufórico.

– Nossa! Que legal! Que bom, amor!

– Sabe quem mais ligou? Seu pai!Fiquei muito feliz; achei muito legal ele ter se lembrado! Foi você quem o avisou?

– Amor, vou te explicar: quando estava chegando em casa, tocou meu celular e era meu pai perguntando se era hoje o seu aniversário. Confirmei e dei o novo número do seu telefone porque ele queria falar com você.

– Ah tá! Então vou te contar mais: recebi também um telefonema da Jany!

– A Jany? A cantora? Que mora em Portugal? – indaguei incrédula.

– Exatamente! Telefonou de Portugal para me cumprimentar. Quando ouvi sua voz sabia que a conhecia, mas não lembrava o nome; deixei-a falar mais um pouco e, então, consegui reconhecer e lembrar o nome dela! E tem mais! Ligaram também: meu pai, minha mãe, meu irmão Ângelo e minha cunhada Regina, lá do Rio Grande do Sul. E pela Internet recebi os cumprimentos do seu sobrinho Douglas e da nossa amiga Rosana!

homem feliz

– Puxa amor! Quanta gente! Isso tudo aconteceu sem eu ter avisado ou lembrado alguém! Imagina se eu aviso! Hehehe!

mulher gargalhando

 

Depois de toda essa euforia e felicidade fui para a cozinha verificar a torta e ele foi atrás de mim.

– E tem mais: seu irmão, sua cunhada e o Douglas estão vindo para cá. Já comprei salgadinhos, cerveja e refrigerante! – falou com empolgação.

– Que ótimo! Sugiro abrir um champanhe

champagne

para comemorarmos. O que acha?

– É prá já, meu amor. – respondeu alegremente.

Ficamos tomando champanhe até o pessoal chegar.

champagne taças

Foi uma reunião agradável… Alegre… E mais alegre estava o Ge! Transbordava felicidade e alegria pela boca…

boca homem sorrindo

Fluía pelos olhos…

olho

Transpirava pelos poros…

homem transpirando

Irradiava pelo corpo…

homem feliz 2

Todo ele era satisfação!

Aí percebi como é fácil fazê-lo feliz! Bastou uma lembrança! Não precisa de presentes,

presente

flores,

flores

festa…

festa

Basta a lembrança!

Fui muito piegas na minha declaração? Pode até ser, mas prefiro dizer que foi uma declaração de uma esposa apaixonada.

mulher apaixonada

Aqui fica meu agradecimento aos que lembraram… Aos que telefonaram… Aos que compareceram!

mulher agradecendo

E fica também o lembrete

lembrete

de que outros 16/06 virão por aí. Nessa data poderá não acontecer uma grande festa, mas certamente haverá união,  

       união 

amor,

amor

alegria

alegria

e felicidade

felicidade

(tudo isso acompanhado de uns comes-e-bebes porque ninguém é de ferro. Hehehe).

 

Nota da Autora:

116513[1]– Conto escrito em 17/06/2010.

– Publicado no livro MOSAICO, Editora Gibim, 2012.

– Publicado no site Recanto das Letras.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s